Excessos e Cuidados Capilares

Boa tarde! Como está a ser o vosso Domingo?
Aqui deste lado, pacífico e preguiçoso são as palavras de ordem.

Sendo assim, aproveito para vos falar de algo que tenho reparado. Parece-me que há um excesso de queratina nos produtos capilares (pelo menos nas gamas de supermercado). E falo em excesso, pois já li em alguns sites e blogues de entendidas em cabelos (hei de encontrar para colocar aqui noutro post), que o excesso de queratina pode provocar alguns resultados desagradáveis (quebra, p.ex.), e que o cabelo precisa também de outros elementos, nomeadamente hidratantes e nutritivos.
Ainda no outro dia estava à procura dentro da gama Gliss da Schwarzkopf, de um produto hidratante. Qual quê?! Tinha tudo queratina. Literalmente tudo.
Uma amiga minha utilizou durante algum tempo - sinceramente nem foi muito, mas foi seguido - produtos com queratina líquida na sua composição e realmente o cabelo começou a partir. Portanto, o objectivo aparentemente é alternar entre hidratação/nutrição/reconstrução. E em resumo, isto traduz-se em:

  • Hidratação: Água. Parece óbvio, mas não é assim tão óbvio. Muitas vezes confunde-se hidratação com nutrição, e por vezes os culpados dessa confusão são mesmo os rótulos e descrições dos produtos. Aqui o objectivo é proporcionar ao cabelo produtos que façam com que ele retenha água (como por exemplo o pantenol (pró-vit. B5)).
  • Nutrição: Ceramidas e Óleos. Salvo erro resume-se a isto. É a reposição dos lípidos no cabelo. É aqui que se percebe a "não lógica" de confundir água com óleo, hidratação com nutrição.
  • Reconstrução: Queratina, Arginina... A lista não termina aqui e eu vou fazer um novo post com este mesmo assunto. 
Como se pode ver, há diferenças significativas nos produtos e constituintes. Às vezes não percebemos porque é que o nosso cabelo tem certos problemas se afinal utilizamos produtos tão bons. Uma das explicações é esta mesmo: os produtos que conhecemos não suprem todas as necessidades dos nossos cabelos, em especial se não escolhemos a dedo aquilo que utilizamos.


Hei de voltar com a continuação deste artigo, pois isto ainda tem mais que se lhe diga.
O que acham das composições dos vossos produtos capilares?

Comentários

  1. Realmente, essa da hidratação não fazia a minima ideia.

    ResponderEliminar
  2. Adorei o post! É mesmo verdade o que disseste, o meu cabelo ficou completamente horroroso depois das últimas madeixas que fiz e desde aí tenho feito tratamentos de queratina porque é o que ele precisa neste momento mas a cabeleireira disse isso mesmo que a seguir a estes de queratina que estão a recuperar o meu cabelo, tenho que passar aos hidratantes senão não dá bons resultados!
    Bj S

    ResponderEliminar
  3. agora estou baralhada, a queratina não é boa para o cabelo? :s

    ResponderEliminar
  4. Um post bem útil, gostei

    Sónia
    Taras e Manias

    ResponderEliminar
  5. @Gasparzinha: Nem eu!

    @S: O cabelo depois iria ficar tão forte que perderia a elasticidade e iria partir. Realmente, nada bom

    @Janny: É boa sim. Só que tal como quase tudo, quando em excesso, faz mal. Irei explicar mais coisas no próximo post.

    @Taras e Manias: Obrigada Sónia!

    @Cátia Alves: Obrigada. Beijinhos!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

REVIEW: Biocura Creme Hidratante Aqua-Complete

REVIEW: L'Oréal Infallible 24H-Matte Foundation

Shine On You Crazy Glitter!